domingo, 13 de fevereiro de 2011

DOMINGO DE FLORES: bergénia

-



Bendafé, em Dezembro de 2010

Chaves, Rua do Olival, em Março de 2010


Esta é a época ideal para começar a apreciar o início da floração (tipicamente rosa) da Bergenia cordifolia (HAW.) STERNB. ou simplesmente bergénia ou chá-da-sibéria (e com sinonímia na Bergenia crassifolia (L.) FRITSCH).

Chaves, canteiros da Rua do Olival, Fevereiro de 2011

Da família das Saxifragaceae, são aspectos como a sua floração (abundante, em cones de flores) e a persistência da sua folhagem (folhas em forma de coração em tonalidades de verde), bem como o seu pequeno tamanho (nanofanerófito), que lhe conferem as características ornamentais mais importantes na Arquitectura Paisagista.

Entre nós é muitas vezes usada, e com sucesso, como espécie tapizante nos locais menos soalheiros, aparecendo também em maciços em conjunto com outras espécies arbustivas ou mesmo isoladamente.


Chaves, canteiros da Rua do Olival, Fevereiro de 2011


-
Fotos: F.Reis@2010 e F.Reis@2011
Locais: Bendafé, em Dezembro e Chaves, em Março de 2010 e Fevereiro de 2011
Texto: Adaptado de várias fontes, especialmente da FLORA DIGITAL DE PORTUGAL, do Herbário da UTAD.
Outros: ver mais 2 fotos minhas das bergénias da Rua do Olival AQUI

-

3 comentários:

Lis disse...

Os domingos seus sem os seus ficam incompletos Fernando
Coloco lá um versículo bíblico e voce as flores mais lindas da sua terra.
Conheço begônia e até se parece com a bergênia, serão irmãs? rsrs
Vou lá na rua do Olival ver as outras.
Adoro passar o domingo por aqui, nem sempre chego no dia certo rs
mas as flores estao sempre viçosas , me esperando pra os costumeiros elogios.
abraços Fernando

Lis disse...

corrigindo : ... os domingos meus sem os seus
aproveito e mando outro abraço

Fernando Reis disse...

É bom receber abraços, o mundo deveria se abraçar mais - ficava melhor de certeza.

LIS, a gentileza é toda sua e retribuo desta forma: meus dias sem blogues como o seu é que não tinha mesmo piada alguma ...

(já agora, as bergénias e as begónias são apenas irmãs de cor (neste caso o rosa) porque nem sequer pertencem à mesma família botânica ... gosto das duas na mesma e o importante, se calhar é mesmo estarmos atentos ao seu "aparecimento" sazonal - liga-nos mais à terra e aos velhos e bons hábitos dos nossos antepassados - e isso é sempre bom ...)

Não dois abraços mas dois beijos de agradecimento pelos comentários, sempre bem-vindos - eu "cheiro" todos os dias o flor-de-liz, mesmo que não deixe "rasto" dessa actividade ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OS 7 MAIS LIDOS