sábado, 26 de setembro de 2015

Chaves. Porque as paisagens também se atravessam



Atravessa esta paisagem o meu sonho dum porto infinito
E a cor das flores é transparente de as velas de grandes navios
Que largam do cais arrastando nas águas por sombra
Os vultos ao sol daquelas árvores antigas...





_
Excerto do poema "Atravessa Esta Paisagem o Meu Sonho" de Fernando Pessoa, in 'Cancioneiro'

1 comentário:

lis disse...

Imensas saudades do meu Rei(s),nesse espaço onde a Arte prevalece ,onde a amizade é espontânea ,onde a beleza não é prioridade_ é total.
Saudade-palavrinha doce as vezes amarga,
saudade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OS 7 MAIS LIDOS