quinta-feira, 10 de março de 2011

CARNAVAIS

-



(...)
Ensina o homem

A ser verdadeiro;
Tapa-lhe a cara
De máscara disfarçada,
Que faz do mundo actual,
Um terrível
E constante Carnaval.

-
Foto: F.Reis©2011
Local: Nazaré, pormenor de carro alegórico (desconheço a autoria e a escola a que pertence)
Poema: excerto do poema "Máscara de Carnaval" de Maria Alice Fonseca cit. in CARNAVAL-20008

-

1 comentário:

Lis disse...

Máscaras eu também aprecio
"... porque não é fingida" Fernando
Gostava dos confetes espalhados pelo chão nos bailes infantis ...
belos carnavais já brinquei.
Hoje me empolgo vendo passar as escolas de samba,sempre muito lindas,apesar de se repetirem muito,
o que importa são as cores, a evolução, a ginga do samba ,até a "falsa alegria" ou a permanência dela.

abraço
e obrigada dos elogios
ainda gostaria de letrinhas mais pequeninas como a sua , há quem reclame ... rs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OS 7 MAIS LIDOS