segunda-feira, 27 de junho de 2011

FESTAS

-

Já passaram. Foram breves, mas intensas. Aconteceram aqui ou ali, por este ou aquele santo, mas sempre com a mesma vontade de celebrar ... seja lá o que for!




Ficam os vasos que vi pendurados em várias partes do País. Como este, com as cores que não enganam ninguém.



-
Foto: F.Reis(c)2011
Local: Vila Real
Nota: este post é a minha participação no desafio FLIMPO #038 - FESTA

-

2 comentários:

Sara disse...

Para mim, o S. João foi, sobretudo, um pretexto para uns dias de descanso. E eu penso que o descanso também poderá ser uma forma de celebração, não será? Celebrar o simples e tranquilo fluir das horas, sem atentar nos ponteiros; celebrar a liberdade de poder escolhar nada fazer :)))
Um abraço e boa semana!

Fernando Reis disse...

João, António ou Pedro ... na minha modesta opinião ... servem perfeitamente para celebrar o "nada fazer", ou por outra, fazer literalmente o que mais apetece ... como, quando e com quem.

Um abraço e esperanças que seja possível um lento retornar ao rame-rame dos dias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OS 7 MAIS LIDOS